Contratar ou Terceirizar? O Que é Mais Vantajoso com a Nova Lei Trabalhista?

A relação trabalhista teve algumas modificações que fizeram com que os empreendedores pensassem um pouco mais na hora de contratar ou terceirizar.

contratar ou terceirizar

Novas regras foram implantadas e modificadas perante a nova Lei Trabalhista. E uma das maiores modificações foi justamente nas formas de contratação dos trabalhadores.

Tendo sido sancionada no dia 31 de março, através da Presidência da República, a nova Lei Trabalhista trouxe algumas mudanças consideradas significativas, principalmente quando se diz respeito à contratação ou terceirização.

Mas, antes de qualquer coisa, vamos entender um pouco sobre o que é terceirização.

 A terceirização é um processo onde qualquer empresa pode fazer a contratação de outra para que a mesma exerça determinado serviço. As áreas mais comuns de terceirização são a de limpeza, segurança e suporte.

Só que, a partir dessa nova Lei Trabalhista, as regras passam a valer de forma um pouco diferente.

Quais são as principais mudanças na terceirização com a nova Lei Trabalhista?

A principal mudança na lei é que a terceirização passa a poder ser feita incluindo até as principais atividades da própria empresa. Um bom exemplo dessas mudanças na terceirização é que empresas, como restaurantes ou do ramo da informática, por exemplo, podem terceirizar seus serviços.

Como assim?

Para se ter um restaurante é preciso ter garçons e para se ter uma empresa de informática é preciso ter profissionais qualificados. Pois bem, tanto os garçons quanto os profissionais de informática poderão ser terceirizados.

Estas mudanças foram impulsionadas devido às mudanças que o mercado está apresentando a cada dia, como no caso de empresas estarem buscando especialização em atividades específicas.

Através dessas mudanças é possível favorecer e muito o mercado de trabalho atual, e assim, surgem oportunidades de se poder contar com serviços cada vez mais qualificados. Essa é a grande vantagem das mudanças na lei.

Em consequência disso, o emprego e as oportunidades vão aumentando de forma satisfatória, mas, vale lembrar que os profissionais também precisam acompanhar todas essas mudanças.

Com isso, a grande mudança na terceirização é que agora, ao invés de poder contar com serviços terceirizados apenas nas áreas de segurança, suporte e limpeza, todas as atividades poderão ser terceirizadas, incluindo até atividades fins da própria empresa.

E na contratação, o que muda?

Na contratação, as mudanças também foram consideráveis, já que foram criadas novas modalidades.

Para começar, todos os contratos e trabalho, incluindo os que já estão em vigência, serão regidos pela nova Lei Trabalhista.

Geralmente, a contratação se faz necessária quando uma empresa vê a necessidade do aumento de sua produção.

As novidades na forma de contratação são basicamente as novas formas de validade dos contratos, já que os trabalhos à distância, como os nas residências e os intermitentes, que são feitos sem continuidade.

O chamado Home Office talvez seja a grande revolução trazida pela nova Lei Trabalhista, ou seja, busca a melhor comodidade do trabalhador poder exercer sua profissão da sua própria residência.

Esse tipo de contrato precisa conter alguns dados, como a profissão a ser exercida. Dessa forma, fica ainda mais fácil, já que este tipo de trabalho já fazia parte da vida de muitas pessoas há algum tempo. Assim, funciona como uma forma legal de reconhecer este tipo de atividade.

Essas são, de uma forma resumida, algumas das mudanças feitas na Lei trabalhista para os contratos de trabalho.

Contratar ou Terceirizar?

 Ficou claro que, o que mudou especificamente foram melhorias para as formas de trabalho na terceirização, já que se mostrou tão necessária a busca sempre por serviços especializados.

Além da regulamentação de trabalhos que já faziam parte da vida de muitas pessoas, como o Home Office, dando o direito das pessoas buscarem melhorias e qualidade para desenvolver da melhor forma possível sua atividade.

A conclusão a que se chega é que, ambas as formas, tanto a terceirização, como a contratação, tem suas particularidades. O que vai influenciar de forma direta é o tipo de negócio que a sua empresa exerce, onde pode precisar tanto de terceirização, como contratar algum tipo de profissional ou serviço especializado.

Mas, de acordo com as necessidades de que a maioria das empresas, que estão sempre a procura de profissionais qualificados, há uma tendência maior pela terceirização. Com a terceirização, o leque de opções se torna ainda maior.

Resumindo…

A escolha feita por uma das formas, fica disposta as necessidades da empresa, já que muitas vezes, a mesma não precisa terceirizar, mas sim, apenas contratar para aumentar sua produção.

Mas diante do cenário que as empresas se encontram atualmente, a terceirização está se mostrando um melhor caminho a seguir, pois há uma diminuição considerável dos custos do negócio.

Com a redução dos custos, a empresa fica mais atenta ao mercado e poderá competir de forma mais acirrada.

Espero que você tenha gostado do artigo de hoje e lembre-se, precisando de auxílio com as rotinas financeiras, a Administrar Online está disposta a te ajudar!

Deixe as rotinas administrativas de sua empresa com o nosso time de especialista e foque sua energia para o que realmente importa. Dê o Primeiro Passo para ter uma empresa de Sucesso, sua empresa precisa de você!

[short-btnpost]Conheça nossos Planos[/short-btnpost]

Gostou? Entre em contato agora via Whatsapp!