O que ninguém nunca te falou sobre ter uma empresa

Muitas vezes parece fácil ter uma empresa e tomar conta dela. Isso porque, na visão de quem é empregado, há diversos benefícios em ser o chefe e não o funcionário.

O que ninguém nunca te falou sobre ter uma empresa

Mas, o que muitas pessoas não entendem é que ser dono de uma empresa é mudar completamente a sua rotina e passar a se dedicar praticamente de forma exclusiva a ela.

Existem algumas coisas que poucas pessoas sabem sobre os bastidores de uma empresa. Entre elas, algumas que ninguém comenta e só quem tem uma empresa acaba aprendendo de forma forçada a entendê-las.

Tenha um diferencial competitivo

Ninguém, sobre hipótese alguma, quer adquirir um produto ou serviço que está “manjado” no mercado. As pessoas querem especificidades, ou seja, o diferente, algo quase que exclusivo.

Quanto mais o seu produto conseguir trazer características opostas ao que está saturado, mais chances ele terá de ter e ser sucesso em vendas.

Sim, sabe-se que muitas vezes é difícil inovar em um mercado tão competitivo e extenso, porém, tente fazer algo diferente. Seja em relação ao produto, forma de comercializar, benefícios extras, como garantia e troca, por exemplo.

O importante é possuir um elemento diferenciador, ou seja, os consumidores devem perceber que a sua empresa ou o seu produto realmente é diferente dos demais.

Viabilidade do negócio

Pensar na viabilidade do negócio também é fundamental. Pois de nada adianta criar uma estratégia maravilhosa, cheia de possibilidades, se não for possível colocá-la em prática…

É imprescindível ter a capacidade de produzir o seu produto/serviço, com um custo relativamente baixo, para chegar a um preço de mercado competitivo e alcançar o ponto de equilíbrio (sem lucro e sem prejuízo) de forma rápida.

Uma das sugestões para começar as suas vendas com tudo, é elaborar uma boa estratégia de comercialização.

Ela possibilita que sejam estabelecidas algumas especificações que não seriam possíveis sem o plano estratégico. É como se ela organizasse a sua venda, se criasse etapas para ela e assim, permitisse que a empresa se consolidasse no mercado mais rapidamente.

Em meio à estratégia de comercialização, está incluso, por exemplo, pesquisar e pensar no público alvo e nas estratégias de comunicação que passaram a ser utilizadas para se comunicar com essas pessoas.

Afinal de contas, a viabilidade do negócio se resume, praticamente, em ser capaz de vender o seu produto/serviço para o mercado.  

Sempre busque melhorias

Só quem tem uma empresa sabe que é impossível ter sucesso no mundo dos negócios se a empresa não souber admitir suas falhas e buscar melhorias.

Isso porque, esse processo faz parte de qualquer instituição: errar. Porém, a maioria delas não liga para o erro e nem chega a admiti-lo. Busque aprender com os seus erros, melhorar o que for necessário para não voltar a cometê-los.

A empresa que usa essas falhas para melhorar o seu produto e serviço oferecido sai na frente disparadamente, uma vez que ganhará seus clientes mais facilmente.

Pois seus produtos tendem a ser cada vez melhores, mais completos e mais respeitados pelo mercado.

Sempre busque capacitação e novidades no mercado. Um empresário que deseja obter o sucesso, precisa compreender o quão importante é se atualizar.

Isso vale para os funcionários da instituição também. Quanto mais treinados e qualificados estiverem, mais chances terão de proporcionar uma experiência de sucesso para os clientes.

Tenha uma equipe que agregue valor ao seu negócio, que mostre o quanto a sua empresa é diferente das concorrentes.

Isso não significa menosprezar outras empresas ou dizer que estas não são boas. Significa ter a certeza de que um trabalho bem feito pela sua equipe, destaca a sua empresa em vários sentidos.

Finanças

Por incrível que pareça, apesar de as finanças serem um dos motivos que fazem com que muitas empresas sejam um sucesso, elas também podem fazer o contrário.

Isso porque, quando não há organização financeira as coisas começam a dar errado. É preciso entender que, levá-las ao pé da letra, no sentido de transformá-las em um controle de entradas e saídas, é essencial.

Ninguém consegue ter sucesso no negócio se a saída de dinheiro for maior que a entrada. Nesse sentido, entra a questão do controle do fluxo de caixa e capital de giro.

É preciso entender que, principalmente no início, há uma necessidade de se ter um valor em caixa para que as coisas funcionem bem, ou seja, para manter as operações diárias funcionando.

Esse valor seria uma garantia para qualquer imprevisto, o que deve garantir, pelo menos, 3 meses dos custos fixos da empresa.

Manter o financeiro controlado não é fácil, exige muito cuidado e dedicação. O setor financeiro é o coração de toda empresa, ou seja, ele bombeia, distribui aquilo que mantém a empresa viva, que é o dinheiro.

Portanto, cuide bem do seu financeiro, controle de contas a pagar e receber, fluxo de caixa, capital de giro, etc.

Espero que você tenha gostado do nosso artigo de hoje e lembre-se, precisando de apoio no setor financeiro, busque a Administrar Online, nós te ajudamos a focar no seu negócio mantendo o seu financeiro em dia.

Até breve!

 

Deixe as rotinas administrativas de sua empresa com o nosso time de especialista e foque sua energia para o que realmente importa. Dê o Primeiro Passo para ter uma empresa de Sucesso, sua empresa precisa de você!

[short-btnpost]Conheça nossos Planos[/short-btnpost]

Gostou? Entre em contato agora via Whatsapp!