Gestão financeira para Startups: você está fazendo da forma correta?

Fazer uma correta gestão financeira para Startups é o segredo para conquistar um negócio lucrativo e duradouro.

Isso não poderia ser diferente, afinal com essa prática você consegue controlar e investir os recursos financeiros em setores que proporcionem o crescimento da empresa.

No entanto, ainda é comum encontrarmos empreendedores que desconhecem a importância e como realizar esse tipo de gestão.

Como consequência, vivenciam o fechamento precoce dos seus negócios.

Para evitar que isso aconteça com você,  elaboramos esse artigo com informações relevantes sobre o tema. Saiba mais.

Importância da gestão financeira para Startups

A gestão financeira para Startups é essencial para o sucesso de qualquer empresa. Afinal, isso evita que o empresário invista em recursos e tempo em estratégias que não trarão o retorno esperado.

O problema é que alguns empreendedores não conhecem a importância desse tipo de planejamento e acabam levando as suas empresas ao fracasso.

Afinal, ao não ter nenhum controle sobre os seus gastos e investimentos, o mais provável é que os donos das Startups tomem decisões equivocadas e comprometam o futuro da empresa.

É para evitar que isso aconteça que os especialistas insistem tanto na realização de um planejamento financeiro.

Por meio dele, você pode mensurar os seus resultados, aproveitar as melhores oportunidades e tomar decisões assertivas, garantindo assim o sucesso da sua empresa.

Como fazer gestão financeira em Startup?

Para fazer uma gestão financeira eficaz para sua Startup é indispensável o uso de algumas ferramentas e técnicas.

Através delas, os empreendedores podem analisar as entradas e saídas de recursos, assim como tomar as melhores decisões financeiras.

As principais ferramentas financeiras indicadas para o dia a dia de uma startup são:

Fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma das ferramentas mais simples e prática para implementar na gestão financeira para Startups. Ele tem como principal objetivo registrar as entradas e saídas de dinheiro do negócio.

O grande diferencial dessa ferramenta é que ela pode ser elaborada em planilhas eletrônicas, aplicativos profissionais e softwares.

Sendo bastante acessível para estruturas de gastos de todos os modelos.

O ideal é que o fluxo de caixa seja atualizado diariamente, assim o empreendedor pode avaliar os dados reais sobre as finanças da sua empresa.

Dessa maneira, torna-se mais simples controlar cada centavo que circula dentro da Startup.

Assim como a maneira como os investimentos financeiros estão sendo alocados na organização.

Os dados financeiros registrados no fluxo de caixa servem ainda como base para outras ferramentas.

Por essa razão, ele pode ser considerado como um dos recursos mais importantes no momento de realizar a gestão financeira.

Troque o tempo que você gasta organizando as finanças da sua empresa por momentos em família. Administrar Online - gestão financeira para startup

DRE

O DRE é um relatório financeiro obrigatório para empresas de todos os portes. De modo geral, neles estão presentes todas as operações financeiras que foram realizadas na empresa.

Também estão incluídos valores referentes a amortizações e depreciações de bens do seu negócio.

Na prática, ele oferece uma visão ampla sobre a atual situação financeira da Startup durante um período.

Assim, torna-se fácil avaliar os pontos que estão gerando mais despesas e lucratividade.

A partir disso, podem ser tomada decisões assertivas sobre como fazer sua empresa ser mais lucrativa e cortar gastos que são realmente precisos.

Para um bom acompanhamento financeiro é recomendado elaborar esse relatório frequentemente.

Os especialistas indicam a periodicidade de uma vez por mês, três vezes por mês ou a cada ano.

Relatórios de gestão financeira para Startups

Diferente do que se pode imaginar, utilizar o Fluxo de caixa e o DRE não é suficiente.

O ideal é que a sua Startup também use outros recursos para estruturar da melhor maneira possível a gestão do seu negócio.

Uma boa dica é recorrer aos seguintes instrumentos:

  • Balanço Patrimonial;
  • EBITDA: cálculo dos lucros antes dos juros, de impostos, depreciação e da amortização;
  • Demonstração das mutações do patrimônio líquido.

Esses instrumentos contribuem não só para que você consiga avaliar se a sua empresa está no caminho certo, como também ajuda na hora de buscar novos investidores e até conseguir empréstimos.

Gestão financeira para Startups: você está fazendo da forma correta?

Então, após conhecer a importância da gestão financeira para Startups e conhecer as ferramentas para executá-la, você acha que as finanças da sua empresa estão sendo gerenciadas de maneira adequada?

Caso você perceba que não, fique tranquilo pois existem alternativas para mudar essa realidade.

A principal delas, e mais utilizadas pelas Startups, é a terceirização das rotinas financeiras.

Com este serviço, as finanças da sua empresa são gerenciados por uma equipe externa, especializada na área.

Eles irão controlar e gerar os principais relatórios financeiros para que você tome as melhores decisões.

Vale a pena destacar que a terceirização pode ser contratada por um valor acessível.

Para saber mais, confira as soluções que a Administrar Online oferece para você e o seu negócio. Clique Aqui e confira nossos serviços.

Comments are closed.
Fale Conosco pelo WhatsApp