Gestão Financeira: Expectativa VS Realidade

A empresa que tem uma boa gestão financeira, consegue evitar imprevistos e otimiza os seus lucros em pouco tempo.

Isso acontece porque, os gestores controlam as finanças com cuidado e evitam gastos excessivos e prejuízos desnecessários.

No entanto, muitos gestores ainda acreditam que esse tipo de gestão é complicado, ou pior, deve ser feito apenas pelas grandes corporações.

Como consequência, perdem a oportunidade de otimizar seus lucros.

Para evitar que isso aconteça, elaboramos esse artigo com a expectativa e realidade sobre esse tipo de gestão.

Expectativa: não é preciso fazer controle diário todos os dias

Realidade: O controle diário é uma atividade que precisa fazer parte da rotina do setor financeiro.

Através dela você consegue acompanhar onde o dinheiro da sua empresa está sendo aplicado em tempo real.

Com o controle diário, é possível tomar decisões rápidas e eficientes para evitar os gastos excessivos da empresa.

Vale a pena destacar que, se você não fizer o controle diário, será difícil reverter prejuízos e manter as contas da empresa sob controle.

Então, para evitar dores de cabeça no futuro, ou pior, que a sua empresa feche as portas antes do tempo, realize o controle financeiro diariamente.

A nossa dica é usar o fluxo de caixa na sua gestão financeira.

Expectativa: existem gastos que não devem ser controlados

Realidade: Todos os gastos da empresa são importante e devem ser controlados.

Quem deseja administrar bem o seu dinheiro e saber como cada centavo está sendo gasto, precisa ter um controle preciso das finanças da empresa.

Para tanto, comece a registrar no fluxo de caixa todos os custos que saem do caixa da empresa, desde o cafezinho até o pagamento de boletos.

Também é importante registrar as previsões financeiras que irão cair na conta bancária.

Dessa forma, a empresa não se confunde nas contas e evita prejuízos financeiros.

Com o controle em dias, as chances de atrasar pagamentos e multas diminuem drasticamente.

Expectativa: apenas o gestor deve fazer a gestão financeira

Realidade: É um erro pensar que a gestão financeira deve ser feita apenas pelo gestor da empresa.

Apesar da decisão final ser tomada por ele, para que a organização possa alcançar os seus objetivos, a ajuda de outras pessoas e setores é indispensável.

O setor de compras, por exemplo, é necessário para que o gestor possa criar um planejamento financeiro eficiente.

Afinal, é essa área que concentra informações importantes sobre as demandas, necessidades, gastos e fornecedores da empresa.

Através desses dados, o gestor e sua equipe podem construir estratégias eficientes para a saúde financeira da empresa.

Expectativa: cortar gastos aumenta a lucratividade da empresa

Realidade: Diminuir os gastos é uma prática que aumenta a lucratividade da empresa.

Para alcançar esse objetivo, use ferramentas que auxiliem no controle das finanças do negócio de maneira eficiente e prática.

Através dessas ferramentas, você vai saber exatamente quais são os gastos que podem ser cortados no seu orçamento.

Controlar as contas a pagar e receber, com foco no fluxo de caixa, deve ser o seu foco.

Com os gastos controlados, o seu negócio para de perder dinheiro e você começa a lucrar na venda do seu produto ou serviço.

Imagem de anúncio para Blog - Descubra como funciona a Administrar Online - Terceirização do Financeiro - BPO Financeiro

Expectativa: nem toda empresa precisa de um planejamento de gestão financeira

Realidade: Essa é uma expectativa comum em empresas de pequeno porte, contudo a realidade é bem diferente.

Tem muitos gestores que acham que o planejamento da gestão financeira deve ser feito apenas por grandes organizações, que movimentam grandes quantias.

Mas, pensar nisso é um grande erro e pode ser fatal para a longevidade da sua empresa. Isso porque, com o planejamento você projeta as entradas e saídas do seu negócio ao longo do ano.

Ademais, consegue visualizar gargalos financeiros que minam os seus lucros.

Portanto, independente do porte da sua empresa, não coloque o planejamento financeiro em segundo plano.

Para elaborá-lo você pode contar com a ajuda do seu contador ou profissional das finanças.

Expectativa: não é possível fazer o controle financeiro de forma rápida e eficiente

Realidade: Na verdade, hoje é muito fácil realizar o controle financeiro de forma rápida e eficiente.

Para tanto, é preciso abandonar os métodos antiquados, como planilhas e investir em recursos como softwares e ferramentas de gestão específicas.

Por meio de um software de controle financeiro, por exemplo, é possível organizar os processos e acompanhar com eficiência os resultados alcançados.

O melhor de tudo é que esse tipo de recurso é intuitivo, fácil de usar e concentram recursos que facilitam o dia a dia dos gestores por um preço acessível.

Expectativa: preciso aprender sobre gestão financeira

Realidade: Diferente do que se imagina, o contador não é o único responsável pela gestão financeira e contábil da empresa.

Pelo contrário, os gestores precisam conhecer bem, como o dinheiro está sendo aplicado e ter controle sobre as despesas e receitas do negócio.

Para se aprofundar nesse tema é preciso investir em capacitações financeiras e ler livros sobre o tema.

Além disso, vale a pena realizar reuniões com o contador para que ele o oriente sobre a real situação financeira da sua empresa.

Espero que tenha gostado, até a próxima!

Comments are closed.
Fale Conosco pelo WhatsApp