Empresa de Serviço – Conheça a estrutura ideal do setor Financeiro

Uma das maiores dificuldades de uma empresa é montar eficiente e produtivamente um setor financeiro, com tudo o que ele precisa para garantir que funcione com sucesso.

Uma vez bem estruturado, esse setor pode desempenhar suas funções impactando positivamente a realidade da organização a que presta serviço, por exemplo, melhorando o controle financeiro e fazendo com que ela cresça de maneira sustentável.

Ciente disso, montamos este conteúdo para apresentar a estrutura ideal do setor financeiro. Se for do seu interesse saber, continue a leitura.

A estrutura ideal de um setor financeiro de uma empresa é composta por várias subáreas. Conheça as principais a seguir.

1. Contas a pagar e a receber

Uma empresa, em suas operações diárias, tanto contraem dívidas, como desenvolvem atividades que fazem com que ela receba recursos financeiros, ao prestar, por exemplo, consultorias em sua respectiva área de atuação.

Por isso, o seu setor financeiro deve contar com uma subárea que fique responsável pelas contas a pagar e a receber. No caso das contas a pagar, é comum que a empresa contrate ou compre ferramentas para melhorar o seu processo de funcionamento e a qualidade dos serviços que presta, contraindo, assim, dívidas que devem ser pagas ao longo de um prazo.

2. Tesouraria

A tesouraria é outra subárea fundamental no setor financeiro de uma empresa . A essa subárea cabe, de modo geral, gerir com eficiência os recursos financeiros que tal organização tem em caixa.

Ele fica responsável por gerir o fluxo de caixa da empresa, ou seja, fazer o controle diário de saídas e entradas.

Contar com uma subárea como essa garante que a empresa funcione não só de maneira eficiente, mas com segurança e saúde financeira.

3. Planejamento financeiro

Dispor de uma subárea na estrutura do departamento financeiro da empresa é também fundamental, porque possibilita que ela se organize em longo prazo, definindo objetivos que deseja alcançar, por exemplo, a ampliação de sua área de atuação.

A subárea de planejamento financeiro desenvolve papel fundamental em relação ao crescimento saudável da empresa, considerando que é ela que deverá dizer se tal organização conta com a realidade ideal para investir na melhoria dos seus processos.

Isso deve ser feito cautela e baseado em estudos.

4. Relação com investidores (criação de projetos atrativos e que dialoguem com o setor financeiro)

Uma empresa recebe, geralmente, maior aporte financeiro de organizações que têm interesse em investir na melhoria dos seus processos e, consequentemente, em sua expansão. No entanto, não é algo fácil, considerando que cabe a ela desenvolver projetos que chamem a atenção de potencias investidores.

Por isso, é fundamental investir na criação de uma subárea que dê conta dessa atividade. Uma vez criada, essa área de atuação garante que a empresa aloque recursos financeiros que tenham relação diretamente com o alcance dos seus objetivos.

Tudo precisa estar muito bem alinhado: objetivos que a empresa deseja alcançar e o setor financeiro.

Gostaria de obter mais informações sobre a estrutura ideal do setor financeiro de uma empresa a partir de programas de mentoria, que levam em consideração a realidade do seu empreendimento? Em caso de resposta positiva, não deixe de entrar em contato conosco.