Gestão Financeira em tempos de COVID-19

Gestão Financeira em tempos de COVID-19

Gestão Financeira em tempos de COVID-19

Em tempos de pandemia do novo Coronavírus o país enfrenta uma grande onda de incertezas. Cogita-se um verdadeiro colapso na saúde pública, o alto nível de transmissão é alarmante, as taxas de desemprego já cresceram em todo o país e a onda negativa não para por aí.

A crise global, provocada pelo Covid-19, está assombrando o futuro econômico do país e, neste momento, em que o governo impõe quarentena e fechamento do comércio com o intuito de amenizar ou retardar os impactos sociais e econômicos, os gestores precisam, mais do que nunca, ter absoluto controle sobre suas finanças.

Uma Gestão Financeira eficaz da empresa é fundamental para garantir sua sustentabilidade. É através desta gestão que o empreendedor terá mais clareza sobre sua real situação e poderá equilibrar suas contas mensais, realizar novas estratégias para evitar maiores prejuízos.

Qual a importância da Gestão Financeira?

A Gestão Financeira deve ser vista como um instrumento obrigatório para qualquer organização. Seja em tempos de crise ou calmaria. O crescimento saudável de uma empresa só é possível mediante muito planejamento.

Sabemos que, grande parte dos empresários, misturam suas finanças pessoais com as finanças da empresa, por exemplo, e este é um grande erro. O dinheiro da empresa deve ser direcionado para a máquina para que esta consiga se manter em tempos de crise, como o que estamos atravessando. É preciso ficar atento e realizar uma boa gestão para entender que nem todo o dinheiro que entra é, de fato, lucro.

Como se preparar para este momento?

As consequências já são reais. Redução do movimento de clientes ou fechamento total da empresa imposto pela quarentena, aumento de inadimplência, queda no faturamento, diminuição do quadro de funcionários e redução da produção.

Primeiramente, é preciso que o gestor esteja ciente de que o país mudou, o mundo mudou. De fato, o cenário é de muito medo e incertezas em relação ao futuro e, neste contexto, os gestores devem aproveitar o momento para replanejar suas metas e traçar novos objetivos a partir do planejamento realizado.

O segundo passo é fazer um levantamento das despesas – pelo menos, dos próximos três meses – analisá-las e definir ações corretivas. É necessário separar as despesas e priorizar aquelas que provoquem maior impacto no funcionamento do negócio além de ajustar os gastos, procurar alternativas de renegociar as dívidas e buscar novas formas de faturamento. Quando possível, invista em vendas online ou marketing digital.

É possível vencer essa crise?

Certamente não será fácil passar por essa crise. É preciso se reinventar, ter foco e muita disciplina. Com um time focado, ferramentas adequadas e um bom planejamento financeiro as chances de atravessar este momento, sem maiores danos, é muito maior.

Encontre a melhor forma de gerenciar sua equipe e suas finanças, mesmo que de forma remota. Não é hora de abandonar o barco e o famoso “deixar pra depois” não é uma alternativa. Comece agora mesmo a tomar medidas e decisões que possam garantir sua evolução ao findar desta crise. O momento exige tomadas de decisões rápidas e assertivas.

Somos especialistas em organização e controle da Gestão Financeira de micro e pequenas empresas. Trabalhamos com o objetivo de gerar resultados positivos e alavancar seu negócio. Conheça nossos serviços e vamos, juntos, vencer esta crise. Continue nos acompanhando, em breve, mais novidades por aqui. Até lá!